Eu nunca

Dentre os universitários que vem regularmente ao café sorver sua dose diária de conhecimento (sim, além de servir café dou aulas), existe um jogo interessante. Chamado “Eu nunca” ele consiste em dizer alguma coisa que já se tenha feito e depois tomar uma dose de pinga, ou um copo de cerveja. Todas as pessoas na mesa que também já tenha feito tal coisa devem beber também. É válido para conhecer os caminhos mais escondidos das pessoas, principalmente porque, conforme o jogo avança (e as doses também) as inibições vão sendo jogadas por terra.

 

Baseado nisso, resolvi escrever um post com as experiências mais marcantes de minha vida. Sejam elas boas, ruins ou assustadoras….fazem de mim o que eu sou hoje.

 

Eu já chorei por medo. Chorei por amor. Já deixei de chorar por tristeza. Já disse “eu te amo”, várias vezes. Já comprei teste de gravidez de farmácia, e temi pelo resultado. Já esperei resultado de exame de gravidez no consultório. Já disse “eu te amo” pra quem merecia. Já disse “eu te amo” pra quem não devia. Já fiquei apreensivo pela minha contagem de PSA. Já comi sorvete quando estava querendo emagrecer. Já pensei em me casar. Já disse “eu te amo” querendo dizer “não agüento mais!”. Já pensei em me separar. Já disse “eu te amo” depois de desligar o telefone. Já deixei de dizer “eu te amo”, quando mais queria dizer. Já sorri olhando nos olhos de uma criança. Já me senti criança, mesmo depois dos 25. Já me senti velho antes dos 18. Já comi verduras imaginado que era sorvete. Já tive certeza do que iria ser quando eu crescesse. Já tive certeza de que não tenho certeza de nada. Já joguei tudo fora e comecei de novo. Já joguei tudo fora e me arrependi. Já me arrependi a tempo. Já me arrependi quando era tarde demais. Já errei tentando acertar. Já acertei tentando errar. Já peguei pote de feijão na geladeira pensando que era sorvete. Já peguei pote de sorvete pensando que era feijão. Já fiz uma criança rir. Já fiz uma criança chorar. Já tomei um porre. Já fui o “motorista da noite” e tive que segurar cabeça de amigo que exagerou na bebida. Já levei pra casa. Já fui levado pra casa. Já terminei pensando que nunca mais. Já terminei pensando “quero mais”. Já corri pelado na chuva. Já andei na lama. Já fugi de bicicleta e jurei que nunca mais voltaria, mas corri pra casa quando começou a escurecer. (O Homem do Cafezinho)

 

 

 

* Vejam só, isso é que é prestígio. Nem bem uma semana de Blog e já viramos enquente!!! Aproveito, mais uma vez, para agradecer minhas amigas Equilibradoras. Visitem, leiam, votem e se divirtam com elas também…

Anúncios
Published in: on setembro 2, 2008 at 10:51 am  Comments (14)  

The URI to TrackBack this entry is: https://frapedecapuccino.wordpress.com/2008/09/02/eu-nunca/trackback/

RSS feed for comments on this post.

14 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Eu me sinto criança até hoje, mesmo com 25 anos, rsrsrs. Nunca onsegui comer verduras imaginando q eram sorvete, rsrsrs.
    Bjos!

  2. Os que mais me marcara [e que eu já tenha feito] foram:
    – Já disse “eu te amo” querendo dizer “não agüento mais!”.
    – Já disse “eu te amo” pra quem não devia.
    – Já acertei tentando errar.
    Mas o pior foi o:
    Já terminei pensando “quero mais”.

    Lindo demais =)

  3. Pode deixar que voltarei sim, muitas e muitas vezes…
    Aceito o capuccino ou um Irish Coffee.
    Tem por aí?

    =)

  4. Ai ai…

    Já disse sim sem pensar nas consequencias. Já escrevi sem kerer. Já sofri sem motivos. Já temi o azar. Já contei com o azar. Já me fiz de idiota. Já fingi estar feliz. Já chorei por dizer “eu te amo”. Já chorei por ouvir “eu te amo”…

    Já tantas coisas e ao mesmo tempo tão poucas…

    =*

  5. Adorei! Vamos lá, gente! Na nossa enquete!

    Já pensei em fugir com a bicicleta milhões de vezes. Mas acabei de voltar agorinha…
    beijo!

  6. Ahhh, aceito o café e a boa leitura daqui.
    Olha que não sou muito fã desse grãozinho, mas por esse espaço, eu faço uma exceção.
    Quando for fugir de bicicleta, me leva? =)

  7. SAber e sabor.
    Me lembrei do filme Chocolate.
    Vou linkar o blog, possp?
    Beijos

  8. Ai q coisa mais linda é ver um post comentado desse jeito!!!!

    rsrsrs

    Eu nunca tive um post comentado assim!!!! =P

    Beijossssss

  9. Olá, querido novo amigo jornalista,

    Chá preto é? Ou de flor de louro?
    Eh, esse negócio de líquidos etílicos que habitam o nosso ser constantemente é terrível…
    Meu fígado disse que na próxima ele sai de férias por tempo indeterminado, veja se pode!

    Mas obrigado pela dica, querido homem, e dê meu alô à tia =)

  10. Fiquei sabendo q a Tia do Café prefere chá, é verdade?!

    O_@

  11. Eu aceito.
    Qual ficaria perfeito com o meu Bono de Chocolate?
    Beijos

  12. Huuuuuuuuum..
    Mas bebida não faria mais mal ainda pro meu pobre fígado, Homem?
    Posso te adcionar no msn?
    Beijos

  13. Então,
    Eu nunca desço desse bendito lustre. De madruga, quatro doses generosas de whisky da festinha global, pego o celular – arma letal na mão de bebados, bipolares e afins – e mandei uma msg pro ex-jagunço. A merda lançada em ondas de telecom… Preciso de um café extraforte e uns tapas na cara!

  14. iria tomar um porre daqueles se estivesse na mesma mesa q vc…
    lindo….
    ótimas palavras


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: